quinta-feira, 5 de setembro de 2013

O Brasil e o Mundo em 1997: Morre a princesa Diana, surge a ovelha Dolly, índio pataxó é queimado vivo e Guga vira novo ídolo nacional

O Blog Contando a História relembra hoje os principais acontecimentos de 1997.







Princesa de Gales, a mulher mais fotografada do mundo teve um trágico e irônico fim. Perseguida por paparazzis, Lady Di perdeu a vida na madrugada de 31 de agosto de 1997 num acidente automobilístico em Paris dentro do túnel D'Alma. Diana e o então namorado, o milionário egípcio Dodi Al Fayed saíram do Hotel Ritz e o carro em alta velocidade foi perseguido pelos paparazzi, na entrada do túnel o carro perde o controle e bate violentamente contra uma pilastra. O motorista Henri Paul e Dodi Al Fayed morreram na hora, Diana, bastante ferida foi levada ao hospital mas não resistiu aos ferimentos. Chegava ao fim uma vida intensa de princesa, uma da mulheres mais importantes do século XX. Seus funerais tiveram honras de chefe de estado e a culpa do acidente caiu em cima do motorista que dirigiu em alta velocidade.







Em 97 João Paulo II visitava o Brasil pela última vez. Durante quatro dias o pontífice esteve presente em três missas, a última com mais de 2 milhões no Parque do Flamengo e em sintonia com o povo falou: Se Deus é brasileiro, o papa é carioca. Também em 97 o então presidente Bill Clinton visita o país e entra no clima em visita na Mangueira. Tocou tamborim e fez tabelinha com o Rei Pelé se sentindo feliz como pinto no lixo, dizia o intérprete Jamelão.



No admirável mundo novo veio da ciência a notícia mais surpreendente do ano. Em 23 de fevereiro foi anunciado o nascimento da ovelha Dolly, o primeiro mamífero clonado do mundo. E então o mundo passou a questionar se a clonagem humana daria certo ou não?





Brasil da corrupção e da impunidade. Em março o país assiste a cenas revoltantes de PMs truculentos e assassinos na Favela Naval em Diadema. As imagens de um cinegrafista amador mostram os policiais praticando atos de extorsão e crueldade com cidadãos de bem. Um deles, o mecãnico Mário Josino é morto pelo PM Otávio Lourenço Gambra, o Rambo. Em outro caso escabroso, cinco jovens de classe média de Brasília ateiam fogo no índio Pataxó Galdino dos Santos que morre em consequência das queimaduras.

Efeito dominó nas bolsas. No dia 23 de outubro a Bolsa de Hong Kong cai 10% e leva as bolsas do mundo a caírem de uma vez. No Brasil foi aprovada a emenda da reeleição, com isso FHC poderia ser candidato à reeleição nas eleições de 98.



Ela deu o que falar em 97. Do Movimento dos Sem Terra para as páginas de uma revista masculina. Débora Rodrigues saiu do anonimato e virou musa, no fim do ano ganhou um programa de games no SBT.







O Brasil que era o país do futebol descobriu um novo ídolo no tênis. Com jeitão de surfista, o manézinho da Ilha Gustavo Kuerten, o Guga surpreende o mundo ao ganhar pela primeira vez o torneio de Roland Garros, um dos quatro torneios do Grand Slam e inicia ali uma carreira de sucesso.



Mike Tyson deu uma de animal feroz ao morder a orelha de Evander Holyfield e foi desclassificado.





Na Fórmula 1 o campeão da temporada foi o canadense Jacques Villeneuve e na CART deu Alex Zanardi.



Com a dupla Ro Ro, o Brasil foi campeão da Copa América vencendo pela primeira vez fora do Brasil e no torneio da Arábia (Copa das Confederações) a seleção foi a campeã, mas o que ficará lembrado é que foi o torneio dos carecas.







Num ano mágico o animal Edmundo comanda o Vasco na conquista do terceiro título brasileiro da sua história. Com 29 gols ele supera a marca de 28 que pertencia a Reinaldo em 1977. No lado da polêmica houve corrupção mais uma vez com o escândalo da arbitragem e o bi rebaixamento do Fluminense que havia sido rebaixado em 96, mas voltou graças à uma virada de mesa.













Morreram em 97 o líder chinês Deng Xiaoping, o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, idealizador da campanha contra a fome, o folclórico presidente do Corinthians Vicente Matheus, o professor Darcy Ribeiro, o educador Paulo Freire, o jornalista Paulo Francis, o músico Chico Science, o cantor sertanejo João Paulo que formava dupla com Daniel, o diretor Walter Clark e a missionária Madre Teresa de Calcutá.

Em breve os fatos mais marcantes de 1998.

4 comentários:

  1. A velha política rio e são Paulo,mostra o vasco da gama rei da série B campeão brasileiro mais não mostra o gigante cruzeiro campeão da libertadores ou da AMERICA em 97 ou melhor BI campeão.

    ResponderExcluir